Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Campus Uberlândia Centro conquista resultado histórico em competição de Matemática
Início do conteúdo da página
Notícias

Campus Uberlândia Centro conquista resultado histórico em competição de Matemática

Com uma medalha de prata e oito menções honrosas, Campus atinge seu melhor resultado na Olimpíada de Matemática

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 04/12/2019 às 00:00
  • Última modificação 03/12/2019 às 17:37
Dos 12 classificados para a segunda etapa, nove conseguiram prêmios na Obmep 2019
Dos 12 classificados para a segunda etapa, nove conseguiram prêmios na Obmep 2019
Crédito: Divulgação

Campus Uberlândia Centro, do Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), conquistou este ano seu melhor resultado na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), cujo resultado foi divulgado pela organização nesta terça-feira (03/12). Os estudantes do Campus conquistaram uma medalha de prata e oito menções honrosas na competição.

O resultado é histórico porque trata-se de um recorde para o Campus na competição. Desde o início da participação do IFTM Udicentro na Obmep, em 2015, o máximo de premiações conquistadas foi no ano de 20187, quando os alunos do Campus conquistaram seis menções honrosas e a primeira medalha na Olimpíada, um bronze. Este ano, foram oito menções, além de uma melhor colocação entre os medalhistas, com uma medalha de prata para o estudante Guilherme Cabral de Menezes, do 1º ano do curso de Ensino Médio Integrado ao Técnico em Computação Gráfica (CG).

Os alunos premiados com menções honrosas na competição são: Ana Angélica Costa Davi, do 3º CG; Cynthia Moreira Miranda, do 3º ano do curso de Ensino Médio Integrado ao Técnico em Administração (ADM); Gabriel Buril  Rezende, 3º ADM; Giovane Simamoto Lemes, 1º ADM; Lucas Segalla Vaz, do 3º ADM; Nickolas Ferreira Maiolino, do 2º CG; Otávio de Oliveira Silva, do 1º CG; Sabrina Ponciano da Silva; do 3º ADM. O resultado completo pode acessado no site da Obmep.

A competição é realizada em duas fases. Na primeira, todos os alunos inscritos fazem uma prova objetiva, composta por 20 questões de múltipla escolha, valendo um ponto cada. Na segunda, participam apenas os alunos que tiveram melhores notas na primeira fase, sendo que o número de classificados varia de acordo com o número de inscritos na competição. Uma escola de ensino médio que inscreveu, por exemplo, entre 121 e 240 alunos na primeira fase tem o direito a 12 vagas na segunda fase, enquanto uma escola que inscreveu entre 381 e 620 na primeira fase tem 31 vagas na segunda etapa. As regras estão disponíveis no regulamento da competição.

De acordo com as regras da competição, o Campus Uberlândia Centro teve direito de classificar 12 alunos para a segunda fase da Obmep. Desses 12, nove conseguiram premiação na competição do conhecimento.

Udicentro na Obmep

A primeira participação do IFTM Campus Uberlândia Centro na Obmep aconteceu em 2015, quanto foram conquistadas quatro menções honrosas. Em 2016, os alunos do Campus conquistaram cinco menções e em 2017 outras quatro. No ano passado, os estudantes do Udicentro ganharam seis menções e a primeira medalha na Olimpíada. Com oito menções e uma prata, o Campus Uberlândia Centro registrou em 2019, portanto, sua melhor participação na série histórica da Obmep.

Vale ressaltar que os estudantes do Campus tiveram bons resultados em outras competições do conhecimento em 2019. Em novembro, por exemplo, uma equipe do Campus conquistou a 4ª posição na Maratona de Matemática do Ensino Médio 2019, competição organizada pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Entre outras conquistas também estão medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), na Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) e 3ª Olimpíada Internacional de Física e Cultura (IPhCO).

Sobre a OBMEP

Destinada a estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3ºano do Ensino Médio, a OBMEP é realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Em 2019, a competição registrou mais de 18 milhões de inscritos na primeira fase, com mais de 54 mil escolas inscritas e uma participação de 99,71% dos municípios brasileiros.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página