Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia > Últimas Notícias > Visita Técnica ao Projeto Jaíba IFTM – Campus Uberlândia
Início do conteúdo da página
Notícias

Visita Técnica ao Projeto Jaíba IFTM – Campus Uberlândia

Alunos visitaram as estruturas de bombeamento que captam água do Rio São Francisco.

  • Por IFTM Campus Uberlândia
  • Publicado em 27/06/2017 às 15:25
  • Última modificação 28/06/2017 às 14:09
Visita Projeto Jaíba
Visita Projeto Jaíba
Crédito: Heliomar Baleeiro de Melo Júnior

No período de 19 a 21 de junho de 2017 os alunos matriculados na disciplina de Sociologia e Extensão Rural do Curso de Engenharia Agronômica do IFTM – Campus Uberlândia, em parceria com os professores Heliomar Baleeiro de Melo Júnior, Júlio César Neves dos Santos, Juvenal Caetano de Barcelos e Vanessa Cristina Caron, estiveram em visita técnica no perímetro irrigado do Jaíba, no núcleo de Mocambinho, município de Jaíba norte de Minas Gerais. Na oportunidade visitaram diferentes culturas nos mais diversificados níveis de tecnologia e infraestrutura.  Visitaram as estruturas de bombeamento que captam água do Rio São Francisco e os canais que levam a água para as diferentes áreas do perímetro irrigado.

A implantação do Projeto Jaíba teve início na década de 50, com as primeiras iniciativas governamentais de ocupação planejada da área. Estudos realizados pelo Bureau of Reclamation, dos Estados Unidos, identificaram uma grande porção de terras com potencial para a agricultura irrigada, localizada na região denominada Mata da Jaíba, entre os rios São Francisco e Verde Grande. No projeto original foram previstas quatro etapas de implantação.

Foi o governo de Minas Gerais, através da Fundação Rural Mineira de Colonização e Desenvolvimento Agrário (RURALMINAS), que determinou a reformulação e a ampliação do antigo Núcleo de Colonização do Rio Verde Grande e a implantação de um projeto piloto de irrigação, numa área inicial de 5.680 hectares, envolvendo o logradouro Mocambinho.

Na década de 70, dada a grande importância do Projeto para todo o Norte de Minas, o governo federal, através da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (CODEVASF), incorpora-se ao empreendimento e contrata um empréstimo especial junto ao Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), para a execução das obras de infraestrutura coletiva de irrigação.

O final da década de 80 é marcado pelo início de operação do Projeto, com o assentamento das primeiras famílias de irrigantes. A partir da década de 90, são agregados mais recursos financeiros internacionais ao Projeto, com a contratação, pelo Estado de Minas Gerais, de um novo financiamento junto ao Japan Bank for Internacional Cooperation (JBIC).

O final da década de 80 e início da década de 90 são também marcados pela incorporação da iniciativa privada ao Projeto, através da criação do Distrito de Irrigação de Jaíba, entidade privada, sem fins lucrativos, gerida pelos irrigantes e que tem por finalidade administrar toda infraestrutura construída, bem como pelos municípios de Jaíba e Matias Cardoso, que se tornam responsáveis em atender aos reclamos da área social. A integração destas forças torna o Projeto Jaíba um empreendimento no qual atuam, de maneira sincronizada e complementar, os três poderes executivos da esfera pública, com a ativa participação da iniciativa privada.

Com o início da efetiva operação do projeto, em 1988, foi criado e estabelecida a parceria com o DISTRITO DE IRRIGAÇÃO DE JAÍBA – DIJ.

Alunos e professores agradecem ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro pelo incentivo à realização da viagem e a todos da comunidade acadêmica que de maneira direta ou indireta permitiram a realização desta excelente experiência aos estudantes, incentivando-os e permitindo uma formação sólida, pautada na responsabilidade social, coletiva, proporcionando-lhes o conhecimento da realidade brasileira e contribuindo na sua formação pessoal e profissional.


Anexos


Assunto(s):
Fim do conteúdo da página