Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberaba > Últimas Notícias > NEABI participa de Encontro de Educação Inclusiva em Luzilândia
Início do conteúdo da página
Notícias

NEABI participa de Encontro de Educação Inclusiva em Luzilândia

Evento aconteceu no dia 23 de fevereiro

  • Por IFTM Campus Uberaba
  • Publicado em 26/02/2018 às 15:40
  • Última modificação 27/02/2018 às 14:52
Participantes do Encontro de Educação Inclusiva
Participantes do Encontro de Educação Inclusiva
Crédito: Prefeitura Municipal de Luzilândia

Na tarde da última sexta-feira (23), aconteceu, na Câmara Municipal de Luzilândia (PI), o I Encontro de Educação Inclusiva de Luzilândia, promovido pela Prefeitura do município. O evento debateu a inclusão das pessoas com necessidades especiais no contexto escolar e a Lei 10.639/03, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira". O Encontro reuniu profissionais de diversas áreas da educação e da assistência social, estudantes e sociedade civil.

O Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro – IFTM - Campus Uberaba, participou do evento com a promoção da palestra “Lei 10639 – Ecos materiais e ideológicos para implementação da história e cultura afro-brasileiras na sala de aula”, ministrada pelo presidente do Núcleo, Gleisson Marques Gonçalves Costa.

Gleisson Marques discorreu um pouco sobre a história do povo negro no Brasil, ressaltando o quanto ainda desconhecemos tal história e a fundamental contribuição do negro na formação da sociedade brasileira. Também relatou sobre as dificuldades na efetivação da Lei 10639/03 e destacou que essa efetivação não pode ficar só na responsabilidade dos professores, mas sim de toda a sociedade brasileira.

Ainda sobre a referida lei, Marques comentou que as possibilidades de sua efetivação ainda estão ligadas a aspectos contingenciais, ações individualizadas ou apenas em datas comemorativas. Ao finalizar, foi sugerido um segundo encontro para o debate sobre cotas.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página