Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Curso de pós ganha componente que reflete o uso do corpo como ferramenta de ensino
Início do conteúdo da página
Notícias

Curso de pós ganha componente que reflete o uso do corpo como ferramenta de ensino

Estudantes do curso fizeram, no último sábado (17/03), aula prática sobre novo componente curricular

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 19/03/2018 às 00:00
  • Última modificação 19/03/2018 às 12:05
Aula prática fez os alunos do curso de pós-graduação se movimentarem neste sábado
Aula prática fez os alunos do curso de pós-graduação se movimentarem neste sábado
Crédito: Kaio Cerruti (Projeto Cartografias do Olhar)

A partir deste ano, o curso de Pós-graduação em Tecnologia, Linguagens e Mídias em Educação, do Campus Udicentro, ganha um novo componente curricular. Os alunos do curso vão estudar sobre “Arte, Corpo e Subjetividade: Concepções contemporâneas sobre a prática Educativa”, em disciplina ministrada pelo professor Dickson Duarte Pires. No último sábado, aconteceu a primeira aula prática dessa disciplina, na qual os alunos participaram de atividades ligadas a jogos teatrais, consciência corporal e dinâmicas de improvisação criativa.

Nesta abordagem os estudantes são convidados a uma reflexão sobre o corpo enquanto ferramenta no processo de ensino e aprendizado. Além de uma perspectiva teórica, o curso apresenta atividades práticas para que os pós-graduandos possam vivenciar processos pedagógicos que levam em conta aspectos como a motricidade, a percepção espacial, a interação de grupo e o aprendizado sinestésico.

“O curso ganha em qualidade pedagógica uma vez que entende que a formação em qualquer área da educação é um processo global e continuado no qual os estudantes precisam ser estimulados a uma percepção de mundo ampliada para além das metodologias os ferramentas didáticas convencionais. Por meio das atividades desenvolvidas nesse componente curricular o pós-graduando é levando a compreensão do corpo como mídia, veículo, objeto e tecnologia direta do processo de ensino e aprendizado, sendo capaz de estabelecer leituras sobre os diferentes corpos, percebendo a historicidade de cada um deles e produzindo em suas práticas reflexões que promovem uma educação mais significativa, contextualizada e humana”, explica o Dickson Duarte.

No encerramento do conteúdo, no dia 12 de maio, está prevista uma atividade envolvendo técnicas de pintura em tela na qual os estudantes poderão materializar todo o conhecimento produzido nas aulas.

 



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página