Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Com participação do IFTM e UFU, Pint of Science estreia em Uberlândia com bom público
Início do conteúdo da página
Notícias

Com participação do IFTM e UFU, Pint of Science estreia em Uberlândia com bom público

Evento que leva cientistas para discutir suas pesquisas em bares e restaurantes começou nesta segunda (14/05) e continua

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 15/05/2018 às 00:00
  • Última modificação 15/05/2018 às 15:30
Professor Rangel Leal, da USP, bateu papo com o público sobre a dor e seus aspectos
Professor Rangel Leal, da USP, bateu papo com o público sobre a dor e seus aspectos
Crédito: Murilo - Pint of Sciece Uberlândia

O primeiro dia de Uberlândia no  Pint of Science atraiu boa quantidade de público. O primeiro dos três dias de festival mundial de divulgação científica ocorreu com a palestra de cinco pesquisadores nos bares Cachaçaria Água Doce, no bairro Morada da Colina, e no bar Alfaiataria, no Centro da cidade. Entre os temas abordados na estreia estiveram a dor, bruxas e a simbiose entre humanos e computadores. O evento continua nesta terça e quarta-feiras, nos mesmos locais, mas com palestras diferentes. A programação completa está disponível no site https://pintofscience.com.br/events/uberlandia.

A proposta dos bate-papos é esclarecer dúvidas e apresentar as últimas descobertas nessas e em outras áreas do conhecimento. O Pint of Science é uma oportunidade de os moradores conversarem com os cientistas de forma descontraída, entenderem como funciona a pesquisa científica e descobrirem dificuldades e belezas da ciência.
Uma das pesquisadoras que conversou com o público nesta segunda-feira (14/05), foi a professora de literatura brasileira Kênia Maria, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Ela apresentou o tema “Literatura e heresia: bruxas e outras personagens rebeldes nas literaturas de língua portuguesa” e arrancou boas risadas do público durante o papo. 

“Acho que a grande diferença da sala de aula é a diversidade do público. Quando eu falo na sala, falo para pessoas da área de humanas e hoje eu falei para um público diferente, que se interessou bastante. É um desafio e eu adorei falar, pois divulgar o trabalho é sempre muito bom. Tentei apresentar algo mais dinâmico e para mim foi bom também como ouvinte, pois aprendi muito com os outros pesquisadores, que eram da área biológica”, avalia a professora.

Para o público, também foi um momento especial. O psicólogo Brunei de Morais Miranda, de 23 anos, acompanhou o evento na Alfaiataria e gostou do papo de bar científico. "Nada como entrar em contato com a produção científica, adquirir novos conhecimentos com a sensação de que se está em uma conversa de bar com os amigos. Que venham os próximos eventos", afirmou.   Thamires Medeiros de Castro, de 18 anos, também aprovou a experiência: "A ideia do festival Pint of Science, no cenário atual, é de extrema importância e de total pertinência, visto que o descaso que se tem, principalmente pelo governo e estado, ao se tratar de ciência. Espero que a cada ano o festival atinja mais pessoas."

Os encontros em Uberlândia vão acontecer nos restaurantes Cachaçaria Água Doce, no bairro Morada da Colina e Alfaiataria, no Centro, sempre a partir das 19 horas. A programação completa está disponível no site pintofscience.com.br e não há necessidade de inscrição. A entrada é gratuita – paga-se apenas o que for consumido nos estabelecimentos – e não há emissão de certificado.

Em Uberlândia, o Pint of Science é organizado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em parceria com o Campus Uberlândia Centro do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM).

De Norte a Sul do Brasil – O Pint of Science nasceu em 2013, como uma iniciativa de pesquisadores da Inglaterra, e se expandiu graças a uma rede de voluntários. Neste ano, 21 países promoverão o evento de forma simultânea.
No Brasil, onde o festival foi realizado pela 1ª vez em 2015, na cidade de São Carlos, o Pint of Science acontecerá em 56 municípios distribuídos pelas cinco regiões e a expectativa é de que 50 mil pessoas compareçam aos bate-papos.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página