Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > I Encontro de Educação em Direitos Humanos no IFTM - contextos de diversidade, pluralidade e cidadania
Início do conteúdo da página
Notícias

I Encontro de Educação em Direitos Humanos no IFTM - contextos de diversidade, pluralidade e cidadania

Evento marcou o início do plano de trabalho em 2018 para a Educação em Direitos Humanos na instituição

  • Por IFTM Reitoria
  • Publicado em 23/05/2018 às 00:00
  • Última modificação 23/05/2018 às 13:38
I Encontro de Educação em Direitos Humanos no IFTM - contextos de diversidade, pluralidade e cidadania
I Encontro de Educação em Direitos Humanos no IFTM - contextos de diversidade, pluralidade e cidadania
Crédito: Lucas Elias Fernandes - DCSE do IFTM

No dia 16 de maio, ocorreu, no miniauditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) Campus Uberaba Parque Tecnológico, o I Encontro de Educação em Direitos Humanos no IFTM - contextos de diversidade, pluralidade e cidadania.

Estiveram presentes o pró-reitor de Extensão Tecnológica do IFTM, Prof. Dr. Eurípedes Ronaldo Ananias Ferreira, representando o reitor da instituição; pró-reitores e representantes dos pró-reitores do IFTM; os integrantes do Comitê Central do Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos no IFTM; os representantes do Plano de Ação do Pacto Universitário de Educação em Direitos Humanos no IFTM nos campi do Instituto; a Ouvidora do IFTM; entre outros convidados.

O evento marcou o início do plano de trabalho em 2018 para a Educação em Direitos Humanos - EDH – no IFTM, que faz parte do Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos, que por sua vez, contempla o Programa Mundial para Educação em Direitos Humanos.

Na abertura do encontro, o pró-reitor de Extensão Tecnológica do IFTM, Prof. Dr. Eurípedes Ronaldo Ananias Ferreira, relatou considerar a reunião um marco na história da instituição e reforçou a importância de sua realização num país como o Brasil, que tem um processo histórico cristalizado de discriminação e marginalização, seja ela racial, de gênero, de classe social, entre outras. “Mas há um ‘mostrar’ desses discriminados e marginalizados que nos revela resistência. Assim, esse trabalho, de educação para direitos humanos, é, acima de tudo, um ato de amor ao ser humano”, finalizou.

A programação do evento contou com palestra, mesa-redonda e pitchs. A palestrante e presidente do Comitê Gestor do Pacto Universitário, Maria Marques, ressaltou que a educação para direitos humanos é um compromisso de todos, inclusive caracterizando-se como um compromisso mundial, numa referência ao Programa Mundial para Educação em Direitos Humanos, com o qual o Brasil é compromissado.

Na mesa-redonda, foram apresentados diversos projetos já realizados no IFTM que, direta ou indiretamente, trabalharam ou trabalham a temática, como é o caso do II Seminário “Resistência Negra e Indígena no Brasil Contemporâneo”, promovido pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI) do IFTM Campus Uberlândia; do projeto “Análise da Concepção de Sexualidade pelos Alunos do IFTM Campus Paracatu – turmas de 2012”; do projeto de artes “De Frida Khalo a Tarsila do Amaral: cores, sons e versos”, ocorrido no IFTM Campus Uberaba; e do projeto “Construindo Cidadania”, também promovido no IFTM Campus Uberaba.

Ao final do Encontro, os representantes do Plano de Ação do Pacto Universitário nos campi saíram com a missão de, junto com servidores e alunos de seus campi, pensarem em linhas de atuação e propostas de ações para os Direitos Humanos e para a Educação em Diretos Humanos.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página