Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico > Últimas Notícias > Alunos do Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico participam da Fórmula Drone 2018
Início do conteúdo da página
Notícias

Alunos do Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico participam da Fórmula Drone 2018

Competição acontece de 7 a 9 de setembro em Itajubá - MG

  • Por IFTM Campus Avançado Uberaba Parque Tecnológico
  • Publicado em 04/09/2018 às 00:00
  • Última modificação 04/09/2018 às 09:48
Drone da Equipe Falcão Negro
Drone da Equipe Falcão Negro
Crédito: Robson B. Rodrigues

A equipe Falcão Negro, formada por alunos do 2° e 3° anos do curso Técnico em Eletrônica integrado ao ensino médio, participará nesse final de semana, da Formula Drone 2018, competição organizada pela SAE BRASIL – sociedade brasileira da tecnologia da mobilidade.

 A Fórmula Drone é uma iniciativa de caráter educacional focada em estudantes e professores do ensino profissional técnico de nível médio e tem como objetivo estimular a difusão e o intercâmbio de técnicas e conhecimentos de engenharia de sistemas aplicada à operação de aeronaves de asas rotativas tipo drone, através de aplicações práticas e da competição entre equipes.

 A competição oferece uma oportunidade única aos estudantes de desenvolverem um projeto em todas as suas etapas, desde a concepção, detalhamento do projeto, construção e testes, até colocá-lo efetivamente à prova diante de outros projetos congêneres. Os estudantes são estimulados a desenvolverem aptidões importantes em suas futuras carreiras: liderança, espírito de equipe, planejamento e capacidade de vender projetos e ideias.

A equipe, que é orientada pelo professor Robson Borges Rodrigues, é formada pelos alunos Rafael Marçal Alves, Ronald Oliveira da Cunha e Wesley Dawison de Lima, do segundo ano e Gabriel Carvalho Lima, Gabriel Silva Guimarães, Giovanne Manzan da Cruz, João Luiz Gomes, João Pedro de Almeida Fernandes, João Pedro Santos da Silva, Luiz Gustavo Martins Ribeiro, Mateus Santiago de Souza, Paterson da Cunha Neto  e Renato Melo Minar, do terceiro ano.

Segundo o Professor Robson, apesar de não contar com experiência prévia em aeronaves do tipo drone e tampouco com pilotagem via rádio controle, a equipe apresentou boa capacidade de aprendizado, além de flexibilidade e organização para organizar as reuniões e encontros da equipe.

Trinta e nove equipes, totalizando 415 competidores, participarão da competição, que receberá instituições públicas e particulares de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco, Santa Catarina, Bahia, Goiás, Distrito Federal, Roraima, Sergipe, Tocantins e Amazonas.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página