Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Campus Udicentro ganha ares de galeria de arte a partir do dia 25 de setembro
Início do conteúdo da página
Notícias

Campus Udicentro ganha ares de galeria de arte a partir do dia 25 de setembro

Pinturas de estudantes da pós serão exibidas nas paredes do Campus, com direito a projeto luminotécnico especial

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 17/09/2018 às 06:30
  • Última modificação 14/09/2018 às 13:30
Telas foram criadas em etapa final de módulo de aulas da pós-graduação
Telas foram criadas em etapa final de módulo de aulas da pós-graduação
Crédito: Etnografias do Olhar

A partir do dia 25 de setembro, quem percorrer os corredores do Campus Uberlândia Centro, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) certamente vai se demorar mais que o habitual para apreciar uma série de telas de pinturas produzidos por alunos da unidade. Nessa data, estreia a Exposição Primeiro Corpo, que exibirá nas paredes do Instituto obras criados, no primeiro semestre de 2018, por alunos do curso de Pós-graduação em Tecnologia, Linguagens e Mídias em Educação.

Os trabalhos foram criadas como parte do conteúdo “Arte, Corpo e Subjetividade: Concepções contemporâneas sobre a prática Educativa”, ministrada pelo professor Dickson Duarte Pires, hoje licenciado para capacitação. Mais do que um conjunto de obras, a Exposição buscar compartilhar com o público parte do conhecimento produzido no processo pedagógico ao longo do curso.

Na última etapa do conteúdo curricular, cada estudante foi desafiado a criar sua tela que representasse o sentimento que tinham ao final do curso e que trouxesse suas experiências pessoais e reflexões sobre as ações que permeiam a prática educativa de cada um deles. O resultado foi um conjunto de mais de 30 telas, nas quais foram utilizadas das mais variadas técnicas, como pintura e colagem, além da incorporação de elementos diversos, como cordas, penas, tecidos, até luzes LED. Além das telas individuais, o grupo produziu uma tela coletiva, na qual cada um teve a chance de incorporar um elemento.

“Como veículo de expressão, a proposta foi revisitar fundamentos da pintura como estética e como uma das principais linguagens acionadas no ambiente escolar infantil”, afirma o professor Dickson.

A Exposição Primeiro Corpo será aberta dentro da programação do V Simpósio da Pós-Graduação, que será realizado no Campus Uberlândia Centro, entre os dias 25 e 29 de setembro. A Exposição ficará em exibição na unidade até o dia 08 de novembro, com horários permitidos de visitação entre 8h e 20 horas.   

Iluminação especial

Ao longo dos anos de existência do Campus Uberlândia Centro, o prédio já recebeu outras exposições de arte, mas a Exposição Primeiro Corpo, além de trazer o fruto de um processo criativo diferenciado, ainda marca a estreia do projeto luminotécnico criado especialmente para valorizar as obras que vierem a ocupar o espaço do Campus. Foram instaladas 20 lâmpadas de led tanto no hall e corredores do primeiro e segundo andar do Campus, onde os quadros serão colocados. O objetivo desse projeto, produzido e executado por três profissionais que atuam no Campus, Natal Pires Fernandes, Arlindo Severino Dantas e Vitor Borges Tavares, é valorizar as obras expostas na unidade, tato dos estudantes, professores e artistas externos  por meio de uma iluminação tecnicamente adequada.

“A instalação desse equipamento vai possibilitar a maior fruição e visibilidade aos trabalhos artísticos produzidos tanto pelos alunos, quanto por professores e não só no conteúdo de arte, mas em qualquer conteúdo que queira expor a publico os resultados de processos. Esse equipamento vai conferir maior destaque a todas as produções que forem ocupar esses espaços”, afirma o professor Dickson. “Com a instalação a gente inaugura a galeria de arte do Campus Uberlândia Centro, que será um espaço destinado a exposição de trabalhos com essa qualidade técnica de outras galerias de nível profissional”, conclui.

A galeria de arte do Campus Udicentro é mais um espaço que de exposição de referência na cidade de Uberlândia. Dessa forma, o IFTM dá mais um passo na relação com a comunidade externa e cumpre seu compromisso com ações de extensão.


Anexos


Assunto(s):
Fim do conteúdo da página