Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Trabalho do Campus Udicentro premiado na feira Ciência Viva é indicado para evento nacional
Início do conteúdo da página
Notícias

Trabalho do Campus Udicentro premiado na feira Ciência Viva é indicado para evento nacional

Udicentro teve nove trabalhos premiados na Feira Ciência Viva, realizada este mês

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 28/11/2018 às 06:00
  • Última modificação 26/11/2018 às 12:16
Projeto que estuda a música sertaneja foi indicado para representar Uberlândia na Febrace
Projeto que estuda a música sertaneja foi indicado para representar Uberlândia na Febrace
Crédito: Guilherme Brasil

O Campus Uberlândia Centro, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM), participou em peso da XXIII Feira Ciência Viva, realizada no último dia 13 de novembro. O interesse de alunos e professores na atividade foi recompensado com prêmios e reconhecimento para os trabalhos apresentados. Nove trabalhos do Campus exibidos na Feira foram premiados com troféus de 1º, 2º ou 3º lugares e um desses trabalhos ainda foi indicado pelos organizadores para representar Uberlândia na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), que ocorrerá em março do ano que vem.

O projeto "Entre tapas e beijos: amor, sexualidade e violência na música sertaneja" foi escolhido pela Comissão Organizadora seguir para a Febrace. Desenvolvido pelas alunas Anna Julia Machado Cruz, Eloah Leite Dalaglio e Maria Eduarda Pádua Porto, o trabalho faz uma análise da evolução da música sertaneja no Brasil desde 1929 até os dias atuais. Coordenado pelo professor Márcio Bonesso, o estudo avalia questões como a representação do homem e da mulher nas canções, a forma como o amor é retratado e também o discurso por meio do qual as letras são construídas.

Segundo Bonesso, a música sertaneja foi influenciada por vários aspectos sociais e passou por várias mudanças. Nas décadas de 1930 a 1950, por exemplo, estava em voga um estilo de discurso voltado para o amor patriarcal, enquanto a década de 1970 começa a sofrer influência, por exemplo, da Jovem Guarda e trabalhar com a ideia de amor romântico. Ao longo da pesquisa, professor e estudantes têm feito a análise de músicas relevantes em cada período temporal para verificar as principais mudanças.

“A nossa ideia com esse trabalho é evoluir as pesquisas para produzir um livro no futuro. A indicação para a Febrace é motivo de muito orgulho para nós, pois geralmente para esse tipo de feira são indicados trabalhos mais relacionados à área de tecnologia. Nosso trabalho é da área de Humanidades e essa indicação é um reconhecimento muito importante”, avalia Bonesso.

Outros premiados na Feira

O Campus Uberlândia Centro participou com 11 trabalhos na XXIII Feira Ciência Viva e nove deles receberam prêmios. Do total, quatro foram de 1º lugar, três de 2º lugar e dois de 3º lugar, segundo dados apresentados pelos organizadores. A lista de trabalhos premiados pode ser conferida no link a seguir.


Anexos


Assunto(s):
Fim do conteúdo da página