Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberaba > Últimas Notícias > Diretor-geral do campus Uberaba participa de plenária do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais
Início do conteúdo da página
Notícias

Diretor-geral do campus Uberaba participa de plenária do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais

A pauta principal foi o desastre de Brumadinho

  • Por IFTM Campus Uberaba
  • Publicado em 01/02/2019 às 00:00
  • Última modificação 01/02/2019 às 14:27
Rodrigo Leitão, diretor-geral, acompanhado por membros do CRMV-MG e UFMG
Rodrigo Leitão, diretor-geral, acompanhado por membros do CRMV-MG e UFMG
Crédito: CRMV-MG

Em plenária ocorrida no último dia 28, a pauta principal foi o desastre em Brumadinho. O Conselho Regional de Medicina Veterinária de MG (CRMV-MG), desde o primeiro momento, está apoiando e acompanhando as ações sob comando da Defesa Civil-MG.

 

A médica-veterinária e conselheira do CRMV-MG Ana Liz, que também atuou no desastre de Mariana, está na equipe responsável para resgatar e prestar atendimento aos animais. Na plenária, com a presença do diretor- geral do IFTM campus Uberaba Rodrigo Leitão, que é conselheiro, foram discutidas ações em prol dos animais vítimas do desastre.

Foram discutidos pontos relacionados ao planejamento das atividades, seleção de profissionais e estagiários que se ofereceram como voluntários, estrutura necessária, entre outros.

Na terça-feira, três conselheiros, incluindo Rodrigo Leitão, foram até o local para verificar os trabalhos e, principalmente, avaliar uma fazenda alugada pela Vale para receber animais vítimas do desastre. A representante da empresa contratada para receber e atender esses animais apresentou as instalações e relatou sobre as adequações necessárias. Foi verificado que as instalações, com as devidas adequações, possuem condições para desenvolvimento das atividades.

“Em momento de catástrofe como este de Brumadinho, precisamos atuar em conjunto e com equilíbrio, unindo forças para amenizar os efeitos tristes provocados, e o CRMV-MG, mais uma vez, apresenta-se como instituição responsável socialmente”, disse Leitão.

 



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página