Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberaba > Últimas Notícias > Simpósio em Educação Inclusiva aborda educação do campo de acordo com a Lei 11.892
Início do conteúdo da página
Notícias

Simpósio em Educação Inclusiva aborda educação do campo de acordo com a Lei 11.892

O diretor do campus Uberaba foi um dos debatedores do tema

  • Por IFTM Campus Uberaba
  • Publicado em 03/06/2016 às 14:08
  • Última modificação 07/06/2016 às 09:28
Apresentação do diretor-geral  Rodrigo Leitão do IFTM/Campus Uberaba
Apresentação do diretor-geral Rodrigo Leitão do IFTM/Campus Uberaba
Crédito: Cláudia Vicente

Aconteceu na tarde de ontem, 2 de junho, durante o Simpósio sobre “Educação Inclusiva em Minas Gerais: a educação como ferramenta para geração de trabalho e renda”, a mesa-redonda “Educação Profissional do Campo: uma visão a partir da Lei nº 11.892”, que contou com a presença do diretor geral do IFTM/Campus Uberaba, Rodrigo Afonso Leitão.

Juntamente com Rodrigo, participaram do debate Aneuzimira Caldeira Souza do IFNMG/Campus Araçuaí; Maria Glória Santos Laia, diretora geral do Campus Ouro Preto do IFMG, como mediadora; e Vicente Durães do IFB/Campus Planaltina.

Em sua exposição, Leitão falou que os Institutos Federais têm a responsabilidade em relação à inclusão dos povos do campo que deve acontecer por meio de políticas públicas, parceria com estado e município e currículo capaz de respeitar a individualidade e a história de cada um dos envolvidos.

Rodrigo ressaltou ainda a importância deste tipo de evento para discutir diretrizes capazes de atender cada vez mais pessoas.

Complementando a fala de Rodrigo Leitão, Aneuzimira explicou que a educação do campo nasceu a partir das contradições existentes da luta social e das práticas de educação dos trabalhadores do campo.

Após as explanações, os debatedores responderam perguntas dos membros da plateia.

A abertura do Simpósio sobre “Educação Inclusiva em Minas Gerais: a educação como ferramenta para geração de trabalho e renda” aconteceu na manhã de ontem e contou com a participação do substituto do reitor do IFTM, professor Ronaldo Ferreira; Rutiléia Maria de Lima Pores, presidente da Associação Nacional de Educadores Inclusivos (ANEI/Uberaba) e pedagoga do IFTM/Campus Uberaba; Franclin Nascimento, presidente da ANEI Brasil; Luiz Fernando Resende Santos Anjo, representante da reitora da UFTM Ana Lúcia de Assis Simões; Maria Stela Timóteo Oliveira, representando a Superintendente Regional de Ensino, Marilda Ribeiro; Silvana Elias, representante do Prefeito de Uberaba e Maria da Glória Santos Laia, diretora-geral do IFMG/Campus Ouro Preto.

Amanhã, 4 de junho, antes do encerramento do evento, será realizada a última mesa-redonda com o tema “Educação, esporte, cultura e arte: caminhos para a inclusão”, que terá como debatedora Rutiléia Portes, do IFTM/Campus Uberaba.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página