Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia > Últimas Notícias > Núcleo de Estudos em Agroecologia do IFTM Campus Uberlândia apresenta resultados do trabalho ao CNPQ e ao MAPA
Início do conteúdo da página
Notícias

Núcleo de Estudos em Agroecologia do IFTM Campus Uberlândia apresenta resultados do trabalho ao CNPQ e ao MAPA

Aconteceu na sede do CNPq em Brasília

  • Por IFTM Campus Uberlândia
  • Publicado em 13/04/2018 às 00:00
  • Última modificação 13/04/2018 às 07:49
Encontro NEAs
Encontro NEAs
Crédito: Divulgação

O evento aconteceu em Brasília DF, nos dia 03, 04 e 05 de abril, durante o 2º Encontro dos Núcleos de Agroecologia da Chamada MCTI/MAPA/CNPq Nº 02/2016. Este reuniu 44 núcleos de agroecologia do Brasil mais representações do CNPq e diversos ministérios, entre eles o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Ministério do Meio Ambiente.

O intuito do evento foi realizar a apresentação dos trabalhos dos Núcleos e discutir o alcance e a conjuntura atual dos NEA no Brasil.

Entre as atividades do Núcleo de Agroecologia do IFTM Campus Uberlândia (Núcleo Vida - Vivência Integrada de Agroecologia) apresentadas pela professora e coordenadora do núcleo Fernanda Vital, estão  diversos cursos já realizados para a comunidade através de mutirões e módulos teóricos (o que resultou na implementação de uma área agroflorestal modelo para a  região), Rodas Agroecológicas Semanais, que acontecem todas as quartas feiras das 16:30 as 18:00, a organização do I Encontro de  Núcleos de Agroecologia do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, Colaboração na organização do I e II Encontro de Agricultores Agroecológicos de Uberlândia, entre outras atividades. O Núcleo proporciona no momento também a possibilidade de pesquisas e extensão em diversas áreas, contando com projetos associados na área de fruticultura, solos, avicultura agroecológica, educação em agroecologia, controle biológico, microbiologia voltada para a agroecologia, plantas medicinais e sementes crioulas. Além destas vivências, membros do núcleo tem participado em diversos eventos, como palestrantes e ouvintes, assim como proponentes de trabalhos em simpósios e congressos nacionais.

O projeto deverá ter vigência até janeiro de 2019, e espera-se que ainda este ano possam ser oferecidos diversos cursos voltados à agroecologia para agricultores familiares, assim como o desenvolvimento de publicações científicas voltadas para a área. O projeto tem, além da parceria com o CNPq, parceria com o NEA CIEPS UFU, com a empresa CULTIVA Agroecologia e também com a Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária. A professora Fernanda acredita na permanência do Núcleo VIDA mesmo após o encerramento do projeto: "O Núcleo, uma vez implementado, cria raízes e passa a ser um organismo vivo e dinâmico", mas diz que certamente serão buscadas alternativas financeiras para a manutenção do mesmo através dos editais ofertados.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página