Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Aluno cabo-verdiano do Campus Udicentro compartilha sua experiência como intercambista com colegas de outra unidade
Início do conteúdo da página
Notícias

Aluno cabo-verdiano do Campus Udicentro compartilha sua experiência como intercambista com colegas de outra unidade

William Cardoso Évora, visitou o Campus Uberlândia e contou sobre sua experiência no curso superior e sobre sua cultura

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 26/04/2018 às 00:00
  • Última modificação 26/04/2018 às 17:27
William falou para professores e estudantes do Campus Uberlândia
William falou para professores e estudantes do Campus Uberlândia
Crédito: Guilherme Brasil

William Cardoso Évora é o primeiro intercambista estrangeiro que vai cursar todo o ensino superior em uma unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM). Aluno do curso de Tecnologia em Marketing do Campus Uberlândia Centro, William é natural de Cabo Verde, país insular localizado em um arquipélago formado por dez ilhas na costa da África. Na última quarta-feira (25/04), ele esteve no Campus Uberlândia, onde compartilhou com os colegas de outra unidade um pouco do processo de seleção que o trouxe até o Brasil, falou de sua cultura e dos impactos que teve ao conhecer Uberlândia.

Para chegar ao Brasil, o estudante de 20 anos participou do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G), desenvolvido pelo governo brasileiro em parceria com outros países. No processo, ele não pôde escolher a cidade ou instituição na qual faria seu curso superior e a opção por Uberlândia foi ao acaso. Segundo William, contudo, ele está muito satisfeito com a cidade e também com a estrutura e a qualidade do ensino ofertado no IFTM. "Eu não conhecia o Brasil, a não ser pelas referências que tinha lá de fora. Nunca havia ouvido falar de Uberlândia, mas a cidade é muito grande e desenvolvida e me surpreendeu. O curso é de qualidade e estou me adaptando", conta.

Durante a palestra no Campus Uberlândia, o cabo-verdiano também falou sobre as diferenças de cultura e despertou a curiosidade de estudantes e professores. Entre as semelhanças citadas por William, além da língua portuguesa, idioma oficial do país, estão o carnaval, a prática da capoeira, a culinária e o gosto pelo futebol, ainda que os times apreciados em seu país de origem sejam os europeus. O estudante também falou sobre o funcionamento do sistema de ensino em Cabo Verde, sobre música e literatura, sobre as características do seu país.

“Notei muitas semelhanças entre Cabo Verde e Brasil. Às vezes, brinco com meus amigos que me esqueço que estou no Brasil. Eu já conhecia o Brasil pelo carnaval, pelas novelas que passam em Cabo Verde e também pelos ‘memes’ de humor, que são muito populares nas redes sociais de lá”, brinca o cabo-verdiano. 

Para os estudantes e professores presentes, foi um momento de diálogo e importante para tirar dúvidas. As perguntas que surgiram foram das mais variadas e serviram como aprendizagem tanto para o palestrante, quanto para os ouvintes. “Foi um momento super interessante, pois ajuda a desconstruir quaisquer preconceitos que os intercambistas possam ter do Brasil e também os esteriótipos que os brasileiros possam trazer de determinados países. O William mostrou muitas semelhanças entre nossos países. Creio que receber estudantes estrangeiros é um ganho tanto para eles, quanto para os alunos brasileiros”, avalia o professor Lucas Chagas, do Campus Uberlândia, que acompanhou a palestra do cabo-verdiano.

Novos encontros

William deve participar de encontros com alunos de outros Campus do IFTM. Ainda sem agenda definida, está em negociação sua presença, por exemplo, no Campus Uberaba. Nos próximos meses, o IFTM deve receber pelo menos três outros intercambistas para diferentes programas.



Assunto(s):
Fim do conteúdo da página