Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > IFTM Campus Uberlândia Centro > Últimas Notícias > Trabalho de aluna do Campus Uberlândia Centro é premiado em Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente
Início do conteúdo da página
Notícias

Trabalho de aluna do Campus Uberlândia Centro é premiado em Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente

Paródia sobre a relação do homem com o meio ambiente foi premiada na categoria produção de texto da competição

  • Por IFTM Campus Uberlândia Centro
  • Publicado em 26/11/2018 às 00:00
  • Última modificação 26/11/2018 às 10:27
Carolina de Fátima Borges, do 2º ADM, é autora da paródia
Carolina de Fátima Borges, do 2º ADM, é autora da paródia "Salve-me", inspirada na música "Hate me"
Crédito: Arquivo pessoal

Nesta semana, o Campus Uberlândia Centro, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM), vai representar Minas Gerais na cerimônia de premiação da 9ª Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (Obsma), promovida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O trabalho da estudante Carolina de Fátima Borges, do 2º ano do curso técnico de Administração integrado ao Ensino Médio, foi premiado como destaque regional na modalidade Produção de Texto da competição, categoria Ensino Médio.

Em 2018, a Obsma recebeu 1.228 trabalhos, coordenados por mais de quatro mil professores em todo o país. Desses, apenas 35 foram considerados destaques regionais e, entre eles, o trabalho de Carolina. Coordenado pelo professor de Biologia do Campus Uberlândia Centro, Héberly Fernandes Braga, o trabalho tem o título de “Salve-me” e é uma paródia da música “Hate Me”, da artista britânica Eurielle. Na paródia criada por Carolina, a terra pede salvação contra a ação e exploração do homem. Confira a letra na íntegra.

“Eu sempre gostei de fazer outras letras para músicas que eu gosto. Quando o professor Héberly falou da Olimpíada, ele falou para tentar bolar algo diferente e me veio a ideia de fazer uma paródia. Eu queria um texto mais crítico e diferente. Eu tentei abordar, principalmente, o que o homem faz com a nateureza. Por mais que ela queira lutar, ela não consegue”, afirma Carolina Borges. “É muito importante para mim ser reconhecida por algo que eu gosto de fazer, não só dentro da escola. Foi uma surpresa muito bem-vinda”, completa.

A premiação será realizada no dia 28 de novembro, às 9 horas, no auditório do Museu da Vida, da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. Carolina segue para o Rio de Janeiro, contudo, já nesta segunda-feira, dia 26. A organização da Olimpíada preparou uma programação especial para os premiados, com visitas a museus, ao centro histórico do Rio de Janeiro, atividades culturais e outras ações.

Para o professor Héberly, que também estará no Rio de Janeiro para a premiação, a Olimpíada é uma forma de incentivo para os estudantes. “Acredito que a premiação na Obsma é uma oportunidade de chancelar o trabalho e dedicação que vem sendo desenvolvido no Campus, especialmente no que tange a promover e estimular os estudantes a se auto-desafiarem mostrando suas competências e habilidades. É também um momento de socializar as atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas no IFTM frente a outras instituições de ensino”, avalia.

A lista completa de trabalhos considerados destaques regionais está disponível no link http://www.olimpiada.fiocruz.br/lista-premiados-9obsma


Anexos


Assunto(s):
Fim do conteúdo da página